Lula e a Prática do Racismo

Na última quinta, dia 26, o presidente Lula atribuiu a culpa pela crise econômica global às pessoas de pele clara e olhos azuis. A repercussão negativa foi muito grande e ainda hoje, sábado, a notícia é a segunda mais lida no Financial Times (Brazil’s leader blames white people for crisis). Veja a matéria publicada no youtube.

A declaração do Lula é de que a crise tem um culpado e que esse culpado tem um biotipo (pele clara e olhos azuis). É uma pratica clara de racismo, crime tipificado em nossa Constituição Federal. Foi a prática do racismo que matou milhões de pessoas na segunda guerra na Europa e mais recentemente cerca de 200 mil pessoas foram mortes na região da antiga Yugoslávia.

Entrada de Auschwitz Birkenau *
Entrada do campo de concentração Auschwitz Birkenau na Polônia. A prática do racismo levou muitos inocentes a morte durante a II Guerra Mundial.

A prática de racismo é algo sério que matou e mata muitos inocentes e é uma vergonha ouvir uma declaração racista como esta, especialmente de um chefe de estado.

3 Responses

  1. Bom, sabe-se que ele usou esta frase (pele clara e olhos azuis), metaforicamente, foi uma metafora infeliz, mais foi metafora. É obivio que ele não iria, em hipotese alguma, na posição de presidente, iria ser recista. Mas isso é questão de ótica, de ter mente aberta. Achei de pessimo gosto seu posicionamento, que não foi nada imparcial ao meu ver. Mas, quem disse que deveria ser, num é verdade.

  2. Mesmo que a gente admita que foi uma declaração metafórica, ou hiperbólica, na minha opinião a discriminação aconteceu sim.

    Discriminação de raça, credo ou sócioeconomica pode pode evoluir para situações terríveis. A cerca de cem anos nossa sociedade usou este argumento para justificar a escravidão.

    Eu não concordo que devemos tolerar nenhum tipo de prática de discriminação. A discriminação é a inimiga número um da igualdade entre os cidadãos. Lutar contra essa prática é lutar pela igualdade de oportunidade entre os homens.

Deixe uma resposta