documentário

Notícias de uma Guerra Particular

Capa do DVD Notícias de uma Guerra Particular

Sempre que falo sobre moralidade com meus amigos eu me lembro de um filme que eu considero muito importante. É um documentário de João Moreira Salles chamado Notícias de uma Guerra Particular. Este documentário nos mostra um olhar sobre as comunidades pobres da cidade do Rio de Janeiro, a violência urbana decorrente do tráfico de drogas e a maneira como a Polícia Militar trata o assunto.

Eu vi este filme quando ainda cursava Ciências Sociais na FFLCH…

Foi assistindo a este filme que me dei conta de que a corrupção no Brasil nasce no cidadão comum. E isso me assusta muito ainda nos dias de hoje. Pois eu trabalho fazendo assessoria aos deputados estaduais do PSDB, e eu acredito que a política deve ser ocupada pelos cidadão que tem moralilibada e bons costumes.

Mais tarde o filme Tropa de Elite trouxe a mesma mensagem, mas desta vez romanceada: (1) a tolerância à corrupção existe em todas as classes sociais e (2) a soma de ilícitos menores gera a sociedade que temos; corrupta e ineficiente. Isso me entristece.

Eu recomendo que assistam ao documentário. Quem tiver dificuldades em conseguir o DVD segue abaixo link para o material que encontrei no google video em dez partes: parte 1, parte 2, parte 3, parte 4, parte 5, parte 6, parte 7, parte 8, parte 9 e parte 10. Já quebra um galho.

Sou Feia Mas Tô Na Moda


O documentário “Sou Feia Mas Tô Na Moda” mostra interessantes depoimentos dos jovens que participam do movimento do funk carioca. A mais ilustre é a Tati Quebra Barraco, mas o personagem principal deste documentário é a Deise da Injeção. A obra mostra como o movimento funk floresceu na periferia carioca, com reflexões acerca da marginalização que o funk sofre no Brasil que não conhece a periferia.

Interessante contra-ponto é dado quando o documentário mostra o Dj Marlboro dando festas na frança com funk carioca. Nestas festas o funk não é estigmatizado. Segundo Marlboro a discriminação do funk é parecido com aquela sofrida pelo samba, que foi discriminado por anos, até ser finalmente aceito como expressão legitimamente nacional; legitima expressão da cultura brasileira.

Vida longa ao funk carioca!

TV na internet com o Joost


Consegui uma senha de beta tester do Joost. Faz algumas semanas que eu enviei alguns emails aos colegas mais conectados implorando por um convite ao serviço Joost, mas não consegui. Tive de aguardar sair a senha pela fila de espera do site. O Joost é um serviço de TV sobre IP, ou seja programação em video distribuído pela internet. O programa é criação do autor de dois outros programas de sucesso, o Kazaa e o Skype.

O programa se encontra em versão beta e não há versão para linux: tive de experimentar o programa em um computador diferente da minha estação pessoal linux. Apesar de ser uma versão beta eu não encontrei nenhum bug sequer. Eu dei uma zapeada pelos canais e assisti a uma partida da final de um campeonato de Poker. Os programas ficam disponíveis para você assistir a hora que lhe for conveniente, e eventualmente é interrompido para exibir comerciais do Joost. O único inconveniente que encontrei foi esse, pois o Joost não espera um momento de intervalo para apresentar o comercial.

Fora isso o lag é muito pequeno, e só encontrei lag nos primeiros cinco ou dez segundos do programa, quando pode ocorrer um travamento enquanto o Joost carrega um cache do programa. Os programas disponíveis são relativamente poucos, mas vêm aumentando. Tem receitas culinárias, vários esportes, documentários e programas relacionados a música. Nota de curiosidade vai para o canal de Boliwood, pois eu sempre quis ter acesso a música indiana. Apesar das roupas serem exageradas, eu gosto das músicas.

Por fim, se você pretende se alistar na fila de beta tester, verifique antes se você dispõe de configuração necessária para rodar o programa. Menos que 512Mb de memória, por exemplo, é insuficiente, e uma boa conexão internet com limite de download adequado.

Promessas de um Novo Mundo

Hoje estava conversando com amigos e me lembrei deste excelente documentario sobre o convivio entre israelense e palestinos. O diretor entrevista diversas criancas israelenses e palestinas e programa um encontro entre elas. Uma producao muito tocante, e que aborda o mesmo tema do classico do cinema frances “A Guerra dos Botoes“: a convivência entre coletividades diferentes.

Veja a sinopse no adoro cinema e este comentaria de uma blogueira anonima. Titulo original em ingles: “Promises”.

The Revolution will not be Televised

Assisti neste sábado a um documentário realmente bom sobre o golpe de estado frustrado na Venezuela. O site do documentário está em http://www.chavezthefilm.com/ e conta com muitas imagens de dentro do palácio do governo antes, durante e após o golpe.

Eu me lembro que na época do golpe eu tinha ficado muito revoltado com a maneira como as coisas se deram, com o governo norte-americano dando apoio aos golpistas e as declarações públicas de cada uma das partes. Quando ocorreu o golpe na quinta-feira, eu fiquei revoltado, mas ainda bem que só durou até o fim de semana.

O legal deste documentário, que é um material chavista, é que ele mostra populares, antes do golpe, que apóiam o governo Chavez. Mostra a maneira de Chavez governar, e mostra a evolução do golpe, com imagens do palácio Miraflores durante o golpe, mostra a posse do governo golpista e a tomada de volta do palácio e a volta de Chavez.

Eu recomendo, pois vale a pena de ser visto.