Passeata Contra o Caos Aéreo


O movimento Cansei promoveu uma passeata no último domingo. O movimento Cansei protesta contra os políticos em geral, mas dá maior ênfase a má administração do atual governo. O acidente aéreo com o avião da Tam em congonhas foi o estopim para os protestos. Mas existe muita gente que vê os protestos como oportunistas. São pessoas como o Marco Aurélio top top top Garcia, que se têm uma preocupação especial em justificar o acidente em cima de falhas mecânicas ou falha humana. Para eles o acidente só tem explicações técnicas, e nenhum envolvimento com má administração relacionada ao governo.

Eu discordo totalmente, e explico o porquê:

Eu entendi que existiram três causas para este acidente:

1. falha na aeronave;
2. falha do piloto;
3. tamanho inadequado da pista;

Se qualquer dos itens fosse eliminado, vidas seriam salvas. Eliminando o item 1 ou o 2 o acidente talvez nem acontecesse. Sem o item 3 talvez ninguém tivesse morrido.

O item 3 é culpa de um governo irresponsável: se o tamanho da pista era inadequado, então a administração aérea é ruim. Se a administração aérea é ruim, o governo a fez ruim. A responsabilidade da administração aérea é do governo federal, que ocupa os cargo por seus próprios critérios; critérios que muitas vezes são mais políticos do que técnicos.

Então eu acho justo protestar contra o governo sim.

Registrei a indignação dos manifestantes e a dor dos amigos e familiares das vítimas, e coloquei as fotos em um álbum do picasa. Para ver as fotos em boa resolução clique aqui ou veja as miniaturas abaixo:


4 Comments

Add yours
  1. 1
    Guina

    Caro Felipe,
    Que o governo tenha sua parcela de culpa pela estrutura geral do setor aéreo atual, tudo bem.
    Agora, o que a mídia fez, ainda no dia do acidente, onde de forma criminosa e irresponsável, acusou o governo federal sem ao menos esperar o inicio de alguma investigação sobre as causas da tragedia em Congonhas foi um absurdo.
    Agora, de repente, as manchetes da Folha de SP, Estadão, Veja e cia. mudaram repentinamente.
    Deveriam pedir desculpas ao povo brasileiro, que tem que aturar um jornalismo irresponsável, movido por interesses pessoais e escusos.

  2. 2
    Babs

    Certamente a culpa é do Lula. Lula é o presidente, Lula deve ter construido o aeroporto falho na década de 30… Imagina se isso é coisa do PSDB ou qualquer outro partido…
    E olha só! De repente ele também dirigia o avião!

    Não sou petista, e sequer simpatizo com Lula, mas simpatizo menos ainda com respostas simplistas.

  3. 3
    Felipe Gomes

    Tem uma foto que eu tirei em frente ao prédio da Tam Express mas que não está com as outras fotos. Para ver a foto clique aqui. É a foto de um jornalista da Rede TV! fazendo a cobertura do ato. Eu achei que o jornalista foi sensacionalista demais.

    A mídia realmente não é confiável para passar informações, mas a mídia livre é a melhor maneira de divulgar notícias que já inventaram. Os blogs são ótimos, mas o alcance é limitado. Por exemplo, outro dia recebi um email de uma jornalista perguntando se eu poderia fazer uma entrevista sobre tecnologia para um telejornal matutino. Quando vi que não era sério eu dispensei educadamente, dizendo que eu não me encaixaria no perfil que eles queriam, que era basicamente uma atração circense.

    A mídia faz dessas coisas: exagera, dá a entender inverdades e tal. E Não pede desculpas, Guina.

    Em relação a culpa, Bárbara: eu tenho um sentimento de que o PT têm apresentado gestão pública de péssima qualidade. Digo isso na média. Mesmo que existe programas pontuais bons, no geral falta gente técnicamente capacitada no partido. Até aí tudo bem, pois o partido dos trabalhadores possui conteúdo ideológico, e os técnicos poderiam ser funcionários públicos concursados, comprovadamente competentes. Do contrário, a administração petista nomeia pessoas sem gabaritos para cargos técnicos, e isso ocorreu no setor aéreo.

    Se você observar bem o texto do meu post, eu listei três causas para o acidente. Sendo que a mais fraca é aquela que aponta para a má administração petista. As outras apontam para o defeito mecânico do spoiler e do erro do co-piloto.

    Nem o piloto nem o co-piloto eram petistas. Mas as condições do sistema aéreo que incluem um grande avião pousando em uma pista curta, sem ranhuras e sem área de escape, têm tudo a ver com uma má gestão.

    É esta gestão ruim, cujos altos funcionários são indicados pelo governo petista, que eu protesto. E por último, o meu pensamento não é simplista. Ele envolve uma cadeia causal difícil de apresentar em um único parágrafo.

Comments are closed.